{{link.titulo}} Login

Notícias

28/10/2016

Sistema inovador GPL/Diesel para frotas de veículos pesados no Reino Unido

Produtos
news2.uk_.jpg
O primeiro sistema de injeção de combustível multiponto sequencial GLP/Diesel até agora projetado, está a ser fabricado no Reino Unido. A tecnologia, chamada Quicksilver AFI, oferece uma solução de combustível duplo para veículos pesados, usando uma mistura de GLP/diesel, e ajudará a reduzir os custos de combustível, bem como as emissões de carbono.

Tendo sido concebido especificamente para o setor de transporte pesado de mercadorias (HGV), o sistema fabricado pela Mercury Fuel Systems Ltd. combina ambos os combustíveis em quantidades precisas, otimizando as emissões e a economia de combustível. O sistema pode ser montado em dois dias e introduz um conjunto paralelo de injetores e uma ECU (Unidade de Controlo do Motor) para controlar a mistura de diesel e GPL no interior do cilindro. Um tanque secundário de armazenamento de GLP é instalado no veículo para manter o necessário tempo de trabalho diário do veículo.

28/10/2016
Com um custo total de instalação inferior a 9.000 libras por camião, a poupança de 10 a 15% em custos de combustível (através do uso de GLP a preços atuais),  significa que há um retorno ao investimento no prazo de 18 meses.

Numa altura em que um grande conjunto de evidências sugerem que mais precisa de ser feito para melhorar a qualidade do ar, esta tecnologia é uma oportunidade real para que o transporte pesado de mercadorias vá de encontro a esta necessidade.

Um teste independente, recentemente realizado pela Millbrook e pela Horiba Mira, comprova uma poupança de emissões de carbono de 5 toneladas por 100.000 kms percorridos e uma redução de custos de combustível de 15%, o que resultará numa redução total de 37,5 toneladas de carbono, considerando 5 anos de operação. Estes testes deram origem à produção de um sistema de certificação para as tecnologias de baixo carbono no mercado pós-venda, que irá apoiar a política do Governo do Reino Unido e a concretização dos objetivos em termos de CO2, de qualidade do ar e de segurança energética.