{{link.titulo}} Login

Energia em Evolução

Com a ambição da União Europeia em ser neutra em termos climáticos até 2050, a APETRO junta-se à FuelsEurope, representante da indústria de refinação europeia, e à Liquid Gas Europe, associação europeia do GPL, na promoção dos combustíveis neutros ou de baixo carbono para a descarbonização da economia.

Conferência da Apetro 2021 veio trazer para discussão a importância dos combustíveis do futuro para a atingir a neutralidade climática, contando com as intervenções e projectos das nossas associadas.

Combustíveis Limpos para Todos

A campanha Clean Fuels For All, da FuelsEurope, descreve uma via como os combustíveis líquidos com baixo teor de carbono (LCLF - Low-Carbon Liquid Fuels) podem contribuir, através do setor de transportes, para o objetivo de neutralidade climática da UE.

Até 2050, ambiciona-se que todos os veículos de transporte rodoviário, novos e antigos, incluindo híbridos ou ICE, sejam neutros do ponto de vista climático, e que o transporte aéreo e marítimo atinja uma redução de 50% das emissões de GEE.

CaptureClean.PNG

Plataforma Portuguesa para a Promoção dos Combustíveis de Baixo Carbono (PCBC)

Um conjunto de organizações que operam em diferentes etapas da cadeia de valor dos combustíveis em Portugal, desde a matéria-prima à sua produção, incluindo o fornecimento, distribuição e utilização, e que representam diversos sectores da mobilidade - o terrestre ligeiro e pesado, a aviação e a marinha - criaram a plataforma para a Promoção dos Combustíveis de Baixo Carbono (PCBC)

Os membros da plataforma estão empenhados em contribuir para uma economia neutra climáticamente até 2050, baseada em:

  • Diversidade de vetores energéticos e soluções tecnológicas;
  • Neutralidade tecnológica;
  • Transição para combustíveis de zero ou baixo teor de carbono produzidos a partir de: 
    • Matérias-primas alternativas como biomassa sustentável, agrícola e florestal, e resíduos (biocombustíveis)
    • Hidrogénio verde e CO2 capturado (combustíveis sintéticos e renováveis derivados do hidrogénio).

BioGPL - Uma Via Renovável para 2050

Este relatório da Liquid Gas Europe oferece uma via potencial para que o mercado europeu de GPL se torne 100% renovável até 2050. O bioGPL é idêntico ao GPL convencional quanto à sua utilização e desempenho, oferecendo atualmente uma redução de pegada de carbono até 80%. No longo prazo, o bioGPL tem potencial para se tornar neutro em carbono, dependendo do desenvolvimento de novos processos de produção.